Semalt: Como garantir que seu site seja seguro contra ataques de hackers

O vazamento de informações pessoais é um desafio crescente para os usuários da Internet. As informações incluem fotos nuas de celebridades, informações de cartão de crédito, dados do governo, IDs de e-mail e senhas. Isso implica que o mundo dos hackers dominou a internet em todos os níveis. Os iniciantes podem não entender como seus blogs ou sites podem ser invadidos sem as informações do cartão de crédito. No entanto, os hackers estão dispostos a transformar os sites não descritos em robôs espiões maliciosos, vandalizando informações confidenciais de usuários sem o seu conhecimento. Além disso, eles podem invadir bancos de dados de sites novatos e manipular ou destruir dados importantes e injetar links maliciosos ou invadir o servidor de hospedagem.

Aqui estão as etapas simples oferecidas por Michael Brown, gerente de sucesso do cliente da Semalt Digital Services, que você pode usar para manter os hackers à distância:

  • Em primeiro lugar, atualize todo o seu software. O proprietário de um site deve garantir que qualquer software usado esteja atualizado, independentemente de seus sites terem sido criados do zero ou da criação de um site de bricolage em uma plataforma turnkey de terceiros. Fornecedores de CMS como Joomla e WordPress sempre trabalham para lançar atualizações e patches regulares, o que torna o software menos vulnerável a hackers. Portanto, assegure-se de instalar as atualizações e executar a versão mais recente que suporta seu site o tempo todo.
  • Em segundo lugar, crie camadas de segurança em seus sites. Assim como você executa o antivírus antes de navegar na Web no seu computador, você deve ter um sistema de segurança, que serve como a primeira tática defensiva do site contra ataques. Por exemplo, o Web Application Firewall é uma ferramenta defensiva importante. Destina-se a inspecionar o tráfego e eliminar qualquer solicitação maliciosa e, portanto, fornecer proteção contra ataques de força bruta SPAM, injeções de SQL e scripts entre sites.
  • Em terceiro lugar, mude para HTTP (Hyper Text Transfer Protocol Secure). HTTPs é o protocolo de comunicação seguro usado na transferência de conteúdo confidencial entre um servidor da web e um site. O protocolo adiciona SSL (Secure Sockets Layer) e TLS (Transport Layer Security) ao HTTP de um site, protegendo os próprios dados e usuários contra ataques de hackers.
  • Em seguida, use senhas fortes e altere-as regularmente. Há um aumento de atacantes brutais que adivinham corretamente as combinações de nomes de usuário e senhas. O uso de senhas fortes é, portanto, uma maneira eficaz de limitar ataques de dicionário e força brutal. Além disso, senhas fortes são essenciais para o administrador, banco de dados e servidor de sites.
  • Por fim, torne difícil localizar os diretórios de administração. Os hackers obtêm acesso às informações de um site usando os diretórios de administração de origem e invasão. Eles podem usar scripts, que examinam todos os diretórios do servidor da Web em busca de termos de distribuição, como 'login' ou 'admin', e comprometem a segurança do site entrando nessas pastas. Portanto, certifique-se de escolher nomes de pastas de administrador inócuos, conhecidos apenas pela equipe de desenvolvedores para reduzir possíveis violações.

Em conclusão, no mundo da segurança online, qualquer site pode ser invadido. Ataques bem-sucedidos são prejudiciais aos dados do proprietário, além de comprometer as informações do usuário. Além disso, os ataques podem fazer o Google e outros mecanismos de pesquisa colocarem na lista negra sua web, para evitar a disseminação de informações maliciosas por toda a web. Sempre fique do lado da cautela. Execute pelo menos três etapas básicas fornecidas neste artigo para evitar ser um alvo para hackers.